Pra fuder a gente traça até quem é do time rival

orgia gay entre jogadores amadores

O paulista Tchelo marcou uma pelada com os camaradas e eles levaram tão a sério que chegaram na casa do puto com o pau na mão. É que quem é próximo do safado saca que ele não dispensa uma putaria e é um conhecido mentor de orgias na sua casa.

Já que os caras chegaram dispostos a foder, não tem nem essa de time rival. Na hora do sexo gay amador, vale até comer torcedor de outro time. Seis caras prontos para o sexo partem pro ataque, sem defensiva e aptos a balançar a rede metendo muitos gols. E ai, topa ficar no banco reserva?

Suruba em São Paulo no AP da Boa Vista

Faça um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*