Virando a bunda pro papai comer pele na pele

Incesto Gay Fetiche – Sempre ouvi de papai que não se deve dar confiança para estranhos. E foi depois dos 18 anos que resolvi aplicar esse ditado ao pé da letra e dar a bunda pro meu pai. No começo pareceu ser uma atitude estranha, mas com o passar do tempo e com os hormônios a flor da pele deixei que meu velho me ensinasse mais sobre o prazer anal. O coroa chegava cansado em casa após o trabalho, mas para o sexo ele estava sempre disposto. Como de praxe, as preliminares. Delirava ao mamar aquela jeba pentelhuda e grossa. Aquele cheiro de pica presa na cueca o dia inteiro me deixava com mais tesão em chupar. Papai também gostava de chupar meu cuzinho, quanto mais molhado melhor. Assim ele dizia que doeria menos quando sua rola dura fosse me foder. Mas não tinha jeito, para anestesiar a dor papi dava aqueles bons tapas no meu rabo. Geme com a rola do papai, viadinho!

Gay viçoso trepa cheio de tesão com o papai

filho gay transando com papai sexo anal incesto conto gay

P.S: O Boys na Web não faz nenhuma apologia às práticas sexuais sem proteção. Para sua segurança e SAÚDE previna-se, USE CAMISINHA!

tagged: gemendo com a rola dentro, gemidos gays, sexo anal, papai e filho sexo, pica peluda, incesto anal, sexo gay parente, esfolando a bunda do filho. Fetiche gay, contos gays, viados pervertidos.

Faça um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*